Evolução Completa & História dos Drones: De 1800s a 2022

Os drones percorreram um longo caminho desde a sua criação, evoluindo de ferramentas simples usadas na guerra para dispositivos multifuncionais que agora usamos para exploração, fotografia e até entrega de pacotes.

Acho fascinante olhar para trás na história desses drones ou veículos aéreos não tripulados (UAVs) e ver como eles se expandiram em vários setores e aplicações ao longo do tempo.

A jornada dos drones começou no início do século 20 com o desenvolvimento da primeira aeronave sem piloto. Primeira Guerra Mundial provocou uma necessidade de avanços tecnológicos na guerra, e isso levou à criação do Erro de Kettering, que foi um dos primeiros UAVs já feitos. No entanto, não foi até Segunda Guerra Mundial que os drones se tornaram mais amplamente utilizados, particularmente em operações de vigilância e reconhecimento.

Como a tecnologia dos drones continuou a evoluir após as guerras, eles começaram a ganhar popularidade também em setores não militares. Hoje, vou esclarecer alguns dos principais momentos e avanços na história dos drones, que se tornaram parte integrante do nosso mundo moderno.

Primórdios: balões e pipas

Para entender a história dos drones, devemos primeiro olhar para seus primeiros predecessores: balões e pipas. Essas invenções voadoras datam de séculos antes do primeiro drone já feito. Na verdade, é difícil identificar exatamente quando os drones foram inventados, já que a tecnologia evoluiu com o tempo e sua popularidade aumentou relativamente recentemente.

Nos primórdios, as pipas e os balões serviam para uma variedade de propósitos, desde simples atividades recreativas até complexas operações militares:

Com o passar do tempo, pipas e balões foram cada vez mais empregados para experimentos científicos e vigilância:

O evolução dos drones realmente começou a tomar forma no início do século 20 com o advento de aeronaves autônomas e controladas remotamente. Alguns dos desenvolvimentos inovadores incluem:

Apesar desse progresso, levou tempo para que os drones ganhassem amplo reconhecimento e encontrassem seu lugar na sociedade moderna. É difícil dizer exatamente quando os drones se tornaram populares, mas há alguns marcos que podemos observar:

Esses primórdios lançaram as bases para o mundo diverso e em constante expansão dos drones que conhecemos hoje. De balões e pipas a aeronaves com controle remoto e máquinas autônomas, a história dos drones é realmente uma jornada fascinante.

O nascimento dos veículos aéreos não tripulados (UAVs)

Quando se trata da história dos drones, entender suas origens é essencial. Muitas pessoas se perguntam quando os drones foram inventados e como eles evoluíram ao longo do tempo. O conceito de veículos aéreos não tripulados (UAVs) remonta a meados de 1800, com o primeiro drone reconhecido sendo o alvo aéreo usado pela Marinha Real Britânica em 1917. Desde então, os drones percorreram um longo caminho e suas aplicações se expandiram significativamente.

O primeiro drone já feito era uma aeronave sem piloto e controlada por rádio, conhecida como “Erro de Kettering" inventado por Charles Kettering nos Estados Unidos durante a Primeira Guerra Mundial. Esta invenção abriu o caminho para o desenvolvimento de UAV nos anos subsequentes.

Abaixo está uma visão geral da evolução dos drones:

Anomodelo de droneRecurso Notável
1917alvo aéreoPrimeiro drone reconhecido
1918Erro de KetteringPrimeira aeronave controlada por rádio
1935DH.82B Abelha RainhaInspirou o termo “drone”
1960falcoeiro MQM-57reconhecimento aéreo
1990mosquito 750Recursos avançados de vigilância
2001Predador RQ-1Armado para uso militar
2010Parrot AR.DronePrimeiro drone de consumo

Enquanto as aplicações militares e de reconhecimento dominaram o uso inicial de drones, não foi até o final do século 20 que os UAVs modernos evoluíram. Na década de 1990, o UAV autônomo Gnat 750 ultrapassou os limites das capacidades dos drones, levando ao mais conhecido RQ-1 Predator, que redefiniu as operações militares e estratégicas no século XXI.

Então quando os drones se tornaram populares entre o público em geral? A resposta está no início de 2010 com o lançamento do Parrot AR.Drone, que foi projetado para uso recreativo. Esse drone de consumo rapidamente ganhou força e, desde então, a indústria de drones se expandiu para incluir uma variedade de aplicações, como:

O evolução dos drones tem sido rápido, e sua acessibilidade e utilidade só aumentaram ao longo do tempo. Com a demanda crescente e uma ampla gama de aplicações, é evidente que os drones chegaram para ficar e o potencial para avanços futuros é ilimitado.

Primeira Guerra Mundial: Inovações e Avanços Militares

Vamos voltar ao início do século 20, quando o primeiro drone apareceu. Durante a Primeira Guerra Mundial, a tecnologia progrediu em um ritmo sem precedentes, e um dos maiores avanços na tecnologia militar foi o uso de veículos aéreos não tripulados (UAVs) ou drones.

Em 1915, o engenheiro britânico Archibald Low desenvolveu o alvo aéreo, que foi inicialmente concebido como uma resposta à crescente ameaça dos zepelins alemães. Esta aeronave controlada remotamente, embora nunca tenha sido utilizada em combate, demonstrou o potencial dos sistemas de voo não tripulados para fins militares.

História da aeronave Drones DH.82B Queen Bee

Outro drone notável desta época é o americano Erro de Kettering, criado em 1918 por Charles Kettering. Com o objetivo de fornecer um alcance maior para ataques, o Bug era uma versão inicial de um míssil de cruzeiro em vez de um verdadeiro drone, mas demonstrou a capacidade de seguir autonomamente uma trajetória de voo predeterminada, o que era extraordinário na época.

Alguns marcos no desenvolvimento de drones durante a Primeira Guerra Mundial incluem:

Não foi até o Guerra Fria era que os drones começaram a evoluir ainda mais e assumir papéis mais sofisticados em inteligência, vigilância e reconhecimento (ISR). Avançando para os dias atuais, os UAVs agora são recursos indispensáveis para forças militares e civis.

Então, quando os drones se tornaram populares? Os veículos aéreos não tripulados, especialmente os de consumo, começaram a ganhar popularidade no final dos anos 2000, impulsionados pelos avanços na tecnologia de sensores, duração da bateria e acessibilidade. A evolução dos drones de armas de ponta exclusivas para uso militar para ferramentas civis amplamente difundidas é nada menos que surpreendente, e agora eles desempenham um papel crítico em vários setores, como agricultura, cinema e monitoramento ambiental.

Em resumo, os drones percorreram um longo caminho desde seus primórdios rudimentares como aeronaves simples de controle remoto. Sua história é um testemunho da engenhosidade humana, sempre lutando por novas maneiras de expandir nossas capacidades e compreensão do mundo. À medida que continuam a evoluir e se tornar mais versáteis, podemos antecipar que os drones desempenharão um papel cada vez mais importante em uma infinidade de aplicações – beneficiando-nos de maneiras que só podemos imaginar.

A ascensão dos drones modernos após a Segunda Guerra Mundial

Ao mergulhar na história dos drones, é essencial reconhecer que drones modernos realmente começou a tomar forma após a Segunda Guerra Mundial. Este período fascinante viu uma rápida evolução, levando à popularidade generalizada dos drones hoje.

ao discutir quando os drones foram inventados, é importante mencionar que as bases para veículos aéreos não tripulados (UAVs) foram lançadas inicialmente durante a Primeira Guerra Mundial. No entanto, o primeiro drone já feito, o rádio controlado Erro de Kettering, foi desenvolvido durante esse período e cumpriu o papel de lançamento de bombas.

História de Drones a abelha rainha

Após a Segunda Guerra Mundial, os avanços da tecnologia e da engenharia possibilitaram o desenvolvimento de drones mais sofisticados para diversas finalidades. Durante as décadas de 1950 e 1960, os militares dos EUA investiram pesadamente no desenvolvimento de UAV, com o drone de reconhecimento Ryan Firebee sendo um exemplo notável. Esses primeiros drones contribuíram para a evolução dos drones, pois expandiram suas capacidades além das aplicações militares.

Não foi até o final do século 20, quando o interesse comercial e civil em drones começou a ganhar força. Com o avanço da tecnologia, os drones se tornaram menores, mais leves e mais acessíveis, levando a uma série de novas aplicações. Da fotografia e filmagem à agricultura e missões de busca e salvamento, a versatilidade dos drones os tornou cada vez mais populares em vários setores.

Ao refletir sobre a questão, quando os drones se tornaram populares, a verdadeira explosão de popularidade pode ser rastreada até a introdução de quadricópteros no final dos anos 2000. Esses helicópteros multirotores, combinados com sistemas de posicionamento global (GPS) mais acessíveis e vida útil da bateria aprimorada, finalmente tornaram os drones um produto de consumo verdadeiramente popular.

Leia também: Os 4 Melhores Mini Drones em 2023: A melhor câmara e bateria longa

Como é que a Câmara foi parar aos Drones?

Durante a década de 1980, a tecnologia dos drones começou a ser utilizada para fins civis, e eram cada vez mais utilizados em campos como a produção de filmes. Nesta altura, os drones já estavam equipados com câmaras, mas as suas capacidades eram limitadas devido à duração da bateria e à qualidade da câmara de filmar da época.

Havia também a necessidade de zangões de pequeno porte que poderiam ser facilmente voados, e estes sistemas miniaturizados só poderiam transportar cargas úteis menores, tais como câmaras fotográficas.

As câmaras foram instaladas nos drones para fins de vigilância, não para filmagens. A utilização civil dos zangões e da sua câmara foi muito mais tardia do que a sua utilização militar. Foi a CIA que utilizavam zangões não tripulados como aviões espiões, e só nos anos 90 é que houve avanços na tecnologia que permitiram que os sistemas de zangões de pequena escala transportassem melhores câmaras.

Uma vez que tecnologias mais avançadas como baterias melhoradas se tornaram mais acessíveis, era inevitável que a tecnologia de consumo acabasse por se envolver também com os zangões.

No início, os voos duravam até 30 minutos após apenas 5 minutos de carregamento, graças às baterias de iões de lítio, o que revolucionou o tamanho dos zangões que temos hoje. Isto significava que os drones podiam ser desenvolvidos para uma variedade de fins, e podiam ser utilizados para monitorizar vários locais, tais como incêndios ou inundações.

Médicos civis e comerciais

Em 2006, os drones foram finalmente libertados para serem utilizados para fins recreativos, e já não eram apenas para uso militar. Entretanto, em 2009, a Administração Federal de Aviação (FAA) introduziu leis que tornaram ilegal pilotar aeronaves não tripuladas sem regulamentação para proteger a privacidade e segurança de outras pessoas, o que mais tarde se tornou o maior obstáculo à comercialização de drones.

História dos Drones Parrot, DJI e 3DR

Muitas grandes marcas entraram no negócio, e o resto é conhecido como História. As empresas que começaram primeiro com drones civis foram Papagaio, DJIe 3DR. No início, os drones não eram feitos para filmar, mas hoje em dia são usados por profissionais e amadores para tarefas como mapeamento aéreo.

Os drones têm muitos usos hoje, incluindo casos de uso industrial, ou seja, inspecionar linhas de energia ou oleodutos sem colocar as pessoas em perigo ao fazê-lo, para a agricultura onde os drones podem ser usados para melhorar a eficiência da pulverização de inseticidas nas plantações ou verificar se as plantações precisam ser regadas ou não.

Você pode até usá-los para entregar comida, remédios e outros pequenos pacotes nas cidades, o que é conhecido como logística aérea.

Resumo da história dos drones☆

PeríodoDesenvolvimentos
Primeira Guerra MundialKettering Bug, bombardeio direcionado
segunda guerra mundialFundamentos para UAVs modernos estabelecidos
anos 1950-60Investimentos militares no desenvolvimento de UAV
Final do século 20O interesse comercial e civil aumenta
Final dos anos 2000Quadcopters e popularidade do consumidor

Em resumo, o surgimento de drones modernos após a Segunda Guerra Mundial pode ser atribuído a saltos em tecnologia, investimentos militares e crescente interesse comercial e civil. Essa jornada notável transformou os drones de suas funções militares iniciais em ferramentas versáteis que agora são indispensáveis em várias indústrias e hobbies.

Comercialização de UAVs no final do século 20

Vamos dar uma olhada mais de perto na comercialização de UAVs no final do século XX. Este período marcou avanços significativos para a tecnologia de drones, como o primeiro drone já feito evoluiu para ferramentas versáteis para vários setores.

Inicialmente, o principal fator impulsionador dos avanços dos UAVs era a aplicação militar, com o aerossonda sendo o primeiro drone projetado especificamente para monitoramento meteorológico e ambiental. Este drone foi desenvolvido na década de 1990, marcando o início do uso comercial de drones.

Aqui estão algumas mudanças importantes que ocorreram durante o final do século 20, levando a aplicações mais comerciais para drones:

Nessa época, conceitos como fotografia aérea e sensoriamento remoto tornaram-se mais viáveis graças aos avanços da tecnologia. Indústrias como agricultura, monitoramento da vida selvagem e produção de filmes se beneficiaram desses avanços tecnológicos. Então, quando os drones se tornaram populares? Foi durante este período que o palco foi montado para sua adoção generalizada no setor comercial.

Para resumir, o final do século 20 trouxe avanços críticos na tecnologia de drones, transformando-os de ferramentas militares para ativos comerciais. Melhorias na tecnologia de computadores, custos de fabricação e miniaturização de componentes contribuíram para a comercialização de UAVs. Como resultado, o uso de drones expandiu suas aplicações práticas em vários setores, abrindo caminho para o florescente mercado de drones de hoje.

O Advento dos Quadcopters e Multicopters

O história dos zangões sempre me fascinou. Mergulhar mais fundo em sua história revela percepções intrigantes sobre seu desenvolvimento, especialmente quando se trata de quadricópteros e multicópteros. Nesta seção, vou me concentrar nessas inovações cativantes.

Avançando para o século 21, o mercado de drones passou por uma mudança significativa com a introdução de quadricópteros e multicópteros.

Quadcopters e multicopters são tipos de drones com múltiplos rotores, o que os ajuda a pairar e manter a estabilidade durante o vôo. Essas maravilhas modernas se tornaram influentes no mundo dos drones devido aos seus designs exclusivos e aplicações versáteis. Então, quando os drones se tornaram populares? A resposta está no ano de 2006, quando o Projeto Paparazzi desenvolveu um sistema de piloto automático de código aberto ACESSÍVEL para aeronaves não tripuladas. Este momento crucial marca um ponto de viragem na evolução dos drones.

Os benefícios dos multicópteros incluem:

Um momento notável para quadricópteros ocorreu em 2010, quando a Parrot, uma empresa de tecnologia francesa, apresentou o AR.Drone. Essa inovação revolucionária foi o primeiro drone de consumo controlado principalmente por um smartphone ou tablet. Isso impulsionou o uso recreativo de drones, aumentando seu apelo popular.

A DJI, uma proeminente líder da indústria, surgiu em 2006 e revolucionou ainda mais o mundo dos drones com a introdução da série Phantom. Esses drones permitiram fotografia aérea e videografia de qualidade profissional, tornando-os populares entre fotógrafos, cineastas e entusiastas.

AnoEvento marcante
1898Invenção do primeiro barco não tripulado por Nikola Tesla
2006Desenvolvimento de Sistema de Piloto Automático Acessível de Código Aberto pelo Projeto Paparazzi
2010Apresentação do Parrot AR.Drone
2013Lançamento da série DJI Phantom

Para resumir esta fascinante jornada, quadcopters e multicopters transformaram a indústria de drones, oferecendo a profissionais e amadores uma ampla gama de possibilidades em vários campos. Com seus designs exclusivos e aplicações versáteis, essas inovações continuam a moldar o mercado de drones hoje, ultrapassando os limites do que é possível alcançar com essa tecnologia empolgante.

O impacto dos drones nas indústrias e na sociedade

Sendo um amante de drones, observei como diferentes setores se beneficiaram dessas aeronaves inovadoras. Algumas das indústrias que testemunharam uma transformação incluem:

Outra mudança significativa trazida pelos drones é seu impacto nas sociedades em todo o mundo. Veja como os drones estão influenciando nossas vidas diárias:

AnoEvento
1849Primeiro drone já feito
anos 2000Os drones começaram a ganhar popularidade

À medida que a história dos drones continua a se desenrolar, fica claro que seu impacto nas indústrias e na sociedade veio para ficar. No futuro, podemos esperar mais avanços na tecnologia de drones, abrindo novas possibilidades e moldando a forma como trabalhamos, jogamos e interagimos uns com os outros.

Resumo

A história dos drones é longa e interessante, com o primeiro uso documentado datando de 1849. Hoje existem muitos tipos diferentes de modelos de drones que podem ser usados para fins de trabalho e lazer.

Se você está interessado em drones de brinquedo ou dispositivos de nível profissional, esperamos que esta visão geral o ajude a encontrar a opção perfeita para suas necessidades.

pt_PTPortuguês