O Propel RC é apoiado por leitores. Quando compra através de links no nosso site, podemos ganhar uma comissão de afiliação sem qualquer custo para si.

Os melhores drones movidos a gás em 2024: tudo o que você precisa saber

Por: Richard J. Gross
Actualizado em: Março 22, 2023

Drones estão a tornar-se cada vez mais populares entre os amadores e profissionais, mas os drones a gás oferecem um conjunto único de vantagens que os tornam uma opção atractiva para muitos utilizadores.

Os zangões a gás são a próxima grande coisa na tecnologia dos zangões. Oferecem uma alternativa poderosa aos zangões eléctricos, dando aos utilizadores mais controlo e alcance do que nunca.

Com o seu poder e resistência superiores, estas máquinas podem ser utilizadas para uma variedade de aplicações tais como busca e salvamento, vigilância, mapeamento, fotografia, e até mesmo serviços de entrega.

Neste post, discutiremos o que faz com que os drones a gás se destaquem da concorrência, os seus benefícios e inconvenientes, bem como as potenciais aplicações para estas máquinas poderosas.

Desde fornecer uma plataforma estável para a fotografia aérea até ajudar os agricultores a aumentar o rendimento das colheitas, não faltam possibilidades quando se trata de utilizar drones a gás.

Vamos dar uma olhada mais de perto por que eles se tornaram tão populares nos últimos anos!

O que são drones a gás?

Os drones a gás são veículos aéreos não tripulados (UAV) que são movidos por motores a gás. Ao contrário dos modelos alimentados por energia eléctrica, estes drones são capazes de voar durante períodos de tempo mais longos e cobrem distâncias maiores em comparação com os modelos a gás.

As aeronaves a gás também vêm com características avançadas como os sistemas de piloto automático que lhes permitem voar autonomamente ou com o mínimo de intervenção do utilizador. Quer esteja à procura de um hobby excitante ou precise de uma ferramenta fiável para as suas operações comerciais, os zangões a gás têm algo para oferecer a todos!

Os zangões a gás são uma grande escolha para aqueles que querem mais controlo e flexibilidade do que os modelos tradicionais alimentados por electricidade. Oferecem tempos de voo mais longos e maior versatilidade, tornando-os ideais para aplicações que requerem maior alcance ou resistência. 

A potência destes dispositivos também lhes permite transportar cargas mais pesadas, tais como câmaras, sensores, sistemas de comunicação, e muito mais. Com o seu desempenho melhorado, os utilizadores podem explorar novas alturas e alcançar distâncias mais longas do que nunca. 

Para além da sua maior potência, os drones alimentados a combustível são também incrivelmente fiáveis. Ao contrário dos modelos eléctricos, que podem sofrer com a diminuição da duração da bateria ou outros problemas de fiabilidade, estas máquinas são concebidas para continuar a voar mesmo quando as condições não são ideais. Isto torna-as uma escolha ideal para operações em condições meteorológicas extremas e terrenos difíceis. 

Como é que funcionam os Drones a gás?

Os zangões a gás, também conhecidos como zangões a gasolina ou a gasolina, funcionam utilizando um motor de combustão interna para alimentar os rotores ou hélices. O motor funciona com gasolina, que é armazenada num depósito de combustível ligado ao drone.

O motor acciona uma hélice ou sistema de rotor, que gera o elevador e impulsiona o drone através do ar. Os rotores são normalmente controlados por um sistema de controlo remoto que permite ao piloto controlar a velocidade e direcção do drone.

Os zangões a gás são geralmente mais potentes e têm tempos de voo mais longos do que os zangões eléctricos, tornando-os ideais para aplicações que requerem tempos de voo prolongados ou cargas úteis mais pesadas.

No entanto, tendem a ser mais ruidosos e emitem mais poluição do que os zangões eléctricos, o que pode torná-los menos adequados para determinadas aplicações, tais como operações em interiores ou em quartos fechados.

Como escolher um drone movido a gás?

Ao escolher um drone a gasolina, há vários factores a considerar para garantir que selecciona o mais adequado às suas necessidades. Aqui estão algumas considerações chave a ter em mente:

  • Objectivo: Considerar o uso primário do zangão. Será utilizado para fotografia aérea, topografia, agricultura, ou outra aplicação? Os diferentes drones são concebidos para diferentes fins, por isso certifique-se de que o drone que escolhe é adequado às suas necessidades específicas.
  • Tempo de voo: Procure um zangão com um tempo de voo que satisfaça as suas necessidades. Tempos de voo mais longos exigirão tanques de combustível maiores e podem aumentar o peso do drone, por isso considere as compensações.
  • Capacidade de carga útil: Considere a capacidade máxima de carga útil do drone, incluindo quaisquer câmaras ou outro equipamento que planeia utilizar com ele. Certifique-se de que o drone pode suportar o peso do seu equipamento.
  • Tamanho: O tamanho do drone irá afectar a sua manobrabilidade, estabilidade e alcance. Considere o tamanho do drone em relação ao seu uso pretendido e ao ambiente em que o vai pilotar.
  • Potência do motor: Procure um drone com um motor potente e fiável que possa suportar as condições e a carga de trabalho necessária para a sua aplicação.
  • Preço: Os zangões a gás podem variar entre algumas centenas e vários milhares de dólares, dependendo das características e capacidades. Defina um orçamento e procure um zangão que satisfaça as suas necessidades dentro desse orçamento.
  • Apoio e garantia: Procure um fabricante de renome que ofereça uma garantia e apoio técnico para os seus produtos, caso surjam quaisquer problemas.

Ao considerar estes factores, pode escolher um zangão movido a gás que seja adequado às suas necessidades e que o possa ajudar a alcançar os seus objectivos.

2 melhores drones movidos a gás em 2024

As especificações e características dos dois melhores zangões a gás são discutidas abaixo:

Raia de nitroglicerina

Drones a gás com ferrão de nitroglicerina

Especificações: Raia de nitroglicerina

Tempo de voo

Os aviões a gás podem voar durante cerca de 45 minutos, o que os torna muito mais convenientes para os aviões a gás, uma vez que podem voar para qualquer destino sem se preocuparem com a sua distância ou se a sua bateria se esgotará.

Peso

Este zangão pesará cerca de 10 libras, o que é um pouco exagerado, mas é um peso médio de um zangão a gás, que é bastante médio para este tipo de zangão. O peso mais pesado do zangão assegura que as suas asas permanecem rígidas e que tem uma vida mais longa.

Velocidade

Este zangão pode voar a uma velocidade de até 60 milhas por hora, o que é significativamente mais rápido do que a maioria dos outros tipos de zangões. Esta velocidade é suficientemente alta para que as pessoas possam desfrutar da emoção das corridas, tendo ao mesmo tempo muitas medidas de segurança para garantir que não voe para longe ou danifique qualquer propriedade.

Preço

Este zangão, segundo a Amazon.com, custa cerca de $750 e vem com uma garantia de um ano. O preço deste drone é um pouco mais elevado mas é esperado, dadas as suas funcionalidades e alta velocidade.

O Nitro Stingray voa mais rapidamente do que qualquer outro zangão a gás. O Nitro Stingray é um dos zangões mais elegantes e inovadores no mercado actual. Tudo o que precisa de fazer para este go-anywhere, uma ferramenta de aventura robusta é encher os tanques com o mínimo de alarido e desfrutar de intermináveis horas de diversão e recreação!

O motor Nitro Stingray de baixa manutenção, 2.4GHz é construído para velocidades até 60mph (97kph) e tem um tempo de 45 minutos tempo de voo em apenas um tanque de combustível de alta octanagem, para que possa voar muito depois de a emoção das corridas ter desaparecido! Construído com quatro configurações de suspensão independentes, terá voos suaves em qualquer ambiente.

A arraia nitro-arraiada pode durar cerca de 45 minutos, o que é bastante médio para os zangões a gás. É suficientemente bom para voar até à cidade ou corpo de água mais próxima, mas se se quiser atravessar qualquer distância considerável, pode não haver energia suficiente no tanque uma vez lá chegado, pelo que necessitará de algum combustível adicional para recarregar as suas baterias.

Nitro stingray gasolina drone está disponível em duas cores diferentes, preto, e laranja. A vantagem deste zangão é que pode ser pilotado tanto no interior como no exterior, tal como a maioria dos outros zangões a gás.

Leia também: Melhores Drones Indoor

Quadicóptero Golias

história dos zangões

Especificações: Golias

Tempo de voo

Os zangões a gás, em geral, podem voar durante cerca de 45 minutos, e é o mesmo caso com este zangão também, o que não é muito diferente do anterior.

Peso

Como o produto ainda não é comercializado, o peso não foi oficializado, mas acredita-se que o peso seja mais elevado do que qualquer outro zangão a gás semelhante.

Velocidade

O Golias não tem quaisquer detalhes sobre a sua velocidade, mas pode presumir-se com segurança que estaria por volta ou a mais de 60 mph.

Preço

O Golias está na fase de protótipo; por conseguinte, o preço não está disponível e é difícil de estimar.

O drone a gás goliath é um drone a gás de 1000 watts de potência máxima. É o zangão mais potente, mais rápido e mais potente do planeta. Este monstro pode atingir velocidades superiores a 80 mph / 120 kph.

Vem com um motor de 30 HP. O motor de 30 HP no Golias é potência mais do que suficiente para garantir que o seu drone a gás possa descolar em qualquer situação. O Golias Drone vem com uma forte jaula de aço à volta do corpo que assegura que não se vai partir.

Irá proteger todos os seus sistemas electrónicos e de combustível quando estiver a pilotar este monstro por estradas difíceis, cotos de árvores, veículos avariados, etc.

O motor de 30HP do Golias fornece 1000 watts de potência bruta. Isso é mais do dobro da potência da maioria dos drones actualmente no mercado. Portanto, se quiser algo que nunca foi visto antes, então ponha hoje as mãos num zangão alimentado a gás Golias!

As especificações não estão disponíveis para o peso e velocidade deste produto desde que ainda não foi lançado e o seu processo de desenvolvimento acabou de começar.

O Golias é considerado como uma versão avançada dos zangões de gás de nitroarranjo, uma vez que também seria capaz de voar mais rapidamente do que qualquer outro produto semelhante no mercado, tendo um design elegante como o do Stingray.

O Golias pode custar cerca de $1400, o que é quase o dobro do que o Nitro Stingray Gas Drone, mas se for capaz de fazer jus às reivindicações do seu fabricante, pode valer o dinheiro.

Leia também: Os 4 Melhores Mini Drones

Dicas para voar com um drone a gás 

Voar com um drone a gás pode ser excitante, mas é importante seguir algumas dicas básicas para garantir um voo seguro e bem sucedido. Eis algumas dicas para voar um zangão movido a gás:

  • Conheça o seu zangão: Leia o manual de instruções e familiarize-se com os controlos, características e limitações do seu zangão antes de voar.
  • Escolher um local adequado: Voe o seu zangão numa área aberta, longe de pessoas, edifícios e outros obstáculos. Certifique-se de que a área está livre de linhas eléctricas, árvores, e outros perigos potenciais.
  • Verificar o tempo: Evite voar com ventos fortes, chuva, ou outras condições atmosféricas adversas que possam afectar a estabilidade e controlo do seu zangão.
  • Efectuar uma verificação pré-voo: Antes da descolagem, efectuar uma verificação minuciosa pré-voo do seu drone, incluindo o motor, hélices, níveis de combustível, e outros componentes.
  • Planeie o seu voo: Planeie o seu percurso de voo com antecedência e tenha uma ideia clara do que pretende alcançar. Tenha em mente quaisquer obstáculos ou perigos potenciais e planeie em conformidade.
  • Monitorize os seus níveis de combustível: Mantenha-se atento aos seus níveis de combustível e planeie aterrar e reabastecer antes que o tanque se esgote.
  • Voar dentro da linha de visão: Mantenha o seu zangão dentro da sua linha de visão e evite voar muito alto ou muito longe, pois isto pode dificultar o controlo e a recuperação, se necessário.
  • Seguir os regulamentos locais: Verificar e seguir quaisquer regulamentos locais relativos a voos com drone, tais como requisitos de registo ou restrições de voo.
  • Seja respeitoso: Seja respeitoso com a privacidade das pessoas e evite sobrevoar a sua propriedade privada sem autorização.

Seguindo estas dicas, pode assegurar um voo seguro e bem sucedido com o seu drone alimentado a gás.

Leia também: Top 10 Best Drones in 2023 | Best Pick, Updated List

Benefícios da utilização de drones a gás 

Há vários benefícios na utilização de zangões a gás:

  • Tempo de voo mais longo: Os zangões a gás têm normalmente tempos de voo mais longos do que os zangões eléctricos, o que significa que podem permanecer no ar por períodos de tempo mais longos sem necessidade de recarga.
  • Maior capacidade de carga útil: Os zangões a gás são geralmente mais potentes do que os zangões eléctricos, o que lhes permite transportar cargas úteis mais pesadas.
  • Maior alcance: As aeronaves a gás podem cobrir distâncias maiores do que as aeronaves eléctricas, o que as torna ideais para aplicações tais como levantamentos aéreos, cartografia e inspecção.
  • Melhor desempenho em condições meteorológicas extremas: Os drones a gás são menos afectados por temperaturas extremas e altitudes elevadas do que os drones eléctricos, que podem ser sensíveis a mudanças de temperatura e altitude.
  • Eficaz em termos de custos: Os zangões a gás são geralmente menos caros de operar do que os zangões eléctricos, uma vez que a gasolina é frequentemente mais barata do que a electricidade.
  • Versatilidade: Os drones a gás podem ser utilizados para uma vasta gama de aplicações, incluindo agricultura, busca e salvamento, vigilância e cartografia.

No entanto, vale a pena notar que os zangões a gás também têm alguns inconvenientes, tais como serem mais ruidosos e emitirem mais poluição do que os zangões eléctricos. Além disso, requerem mais manutenção e podem ser mais difíceis de operar do que os zangões eléctricos, uma vez que requerem reabastecimentos mais frequentes e são mais complexos para arrancar e desligar.

Leia também: Revisão completa de DJI Avata: Especificações, prós e contras

Comparação entre drones eléctricos e a gás

Os zangões eléctricos e a gás têm, cada um, as suas próprias vantagens e desvantagens. Aqui está uma comparação entre os dois:

  • Fonte de energia: Os zangões eléctricos são alimentados por baterias, enquanto os zangões a gás utilizam motores de combustão interna que funcionam com gasolina.
  • Tempo de voo: Os zangões eléctricos têm normalmente tempos de voo mais curtos do que os zangões a gás, uma vez que precisam de ser recarregados com mais frequência. As aeronaves a gás podem voar durante períodos de tempo mais longos sem necessidade de reabastecimento.
  • Capacidade de carga útil: Os zangões a gás são geralmente mais potentes do que os zangões eléctricos, o que lhes permite transportar cargas úteis mais pesadas.
  • Ruído e poluição: Os zangões eléctricos são geralmente mais silenciosos e não emitem poluição, enquanto os zangões alimentados a gás tendem a ser mais ruidosos e a produzir emissões.
  • Custo: Os motores a gás são tipicamente mais caros de adquirir do que os zangões eléctricos, mas são geralmente mais caros de operar e manter ao longo do tempo.
  • Manutenção: Os zangões a gás requerem mais manutenção do que os zangões eléctricos, uma vez que têm mais peças móveis e requerem abastecimentos regulares e trocas de óleo.
  • Controlo de voo: Ambos tipos de zangões pode ser controlado à distância, mas os zangões a gás podem exigir mais perícia para funcionar devido à complexidade do motor.

Globalmente, a escolha entre drones eléctricos e a gás dependerá da aplicação e dos requisitos específicos. Os zangões eléctricos são frequentemente preferidos para operações interiores e de baixo ruído, enquanto que os zangões a gás são preferidos para voos mais longos e cargas úteis mais pesadas.

Leia também: Arthur Bell Blade 720 Drone: Revisão completa

Será que os drones alimentados a gás são mais fortes do que os operados a bateria?

A autonomia de voo dos drones a gás é limitada pela quantidade de combustível que têm no seu tanque, enquanto a duração da bateria varia em função do tamanho e da força da bateria. Alguns drones electrónicos podem voar continuamente até cerca de uma hora, enquanto outros só podem voar durante menos de cinco minutos.

Os zangões a gás são mais susceptíveis de se partir porque os seus tanques de combustível estão constantemente ligados e podem ficar danificados se chocarem com qualquer coisa. Os zangões electrónicos, contudo, não têm quaisquer partes móveis que entrem em contacto com o solo, o que significa que não há uma única parte que possa ser quebrada durante uma colisão.

Se gosta de se desafiar e explorar coisas novas, provavelmente quererá ir para a electrónica zangões em vez dos movidos a gás, porque a maioria das pessoas não gostaria de correr o risco de danificar o motor do seu drone e ter que repará-lo ou substituí-lo.

Os zangões a gás são mais fortes do que os zangões a bateria devido ao facto de não necessitarem de carga ou recarga e poderem voar continuamente com o seu depósito de combustível cheio. Enquanto alguns zangões electrónicos duram apenas cerca de cinco minutos, os zangões alimentados a gás podem durar horas de cada vez sem necessidade de serem reabastecidos.

Leia também: Diferentes Bancos Piloto e Listras Uniformes

Futuro dos drones alimentados a gás

O futuro do gás zangões parece ser muito brilhante. Os drones a gás são mais duráveis do que os electrónicos e podem voar por muito mais tempo sem necessidade de recarregar ou reabastecer as suas baterias.

As pessoas provavelmente encontrariam a utilização de drones a gás em detrimento dos electrónicos, porque poderiam explorar mais longe e avançar em aventuras mais longas com estes dispositivos; contudo, isto correria o risco de quebrar o depósito de combustível e o motor do seu drone. 

Se gosta de desafios e de partilhar as suas experiências com outros, é muito provável que queira um drone a gás em vez de um drone electrónico, devido ao facto de poderem voar durante horas de cada vez sem precisarem de qualquer ajuda humana. Embora os zangões electrónicos possam parecer pouco atraentes para aqueles que não são muito bons a lidar com a tecnologia, os zangões a gás são muito mais fáceis de controlar.

Os zangões electrónicos têm potencial para serem melhores do que os a gás porque são capazes de voar durante mais tempo sem precisar de ajuda humana e não têm quaisquer peças que possam entrar em contacto com o solo se caírem. Os zangões electrónicos são também menos propensos a partir-se devido à sua falta de peças móveis, pelo que as pessoas que não são fãs de correr riscos podem preferi-los aos zangões movidos a gás.

Os zangões a gás parecem ter um futuro brilhante à sua frente porque podem fazer longas viagens sem precisar de reparações ou substituições depois de esgotarem todo o seu combustível, além de serem mais duráveis em geral. As pessoas que gostam de desafios provavelmente prefeririam este tipo de zangões porque podem voar durante horas a fio sem qualquer ajuda humana.

Por outro lado, os zangões electrónicos têm menos probabilidades de se partir e não têm quaisquer peças que entrem em contacto com o solo quando colidem; os zangões electrónicos podem parecer pouco apelativos e difíceis de manusear se não forem grandes com a tecnologia, mas os a gás representam um risco maior nesse aspecto.

Leia também: Anafi Papagaio Revisão Detalhada

Vantagens dos Drones alimentados a gás

Os zangões alimentados a gás têm muitas vantagens sobre os zangões alimentados a bateria. Algumas das vantagens são discutidas abaixo:

Vida mais longa

Os zangões a gás vêm com fundamentos muito mais fortes em comparação com os seus homólogos. Por exemplo, os zangões alimentados a gás podem voar muito mais depressa do que os alimentados a bateria, e não necessitam de recarga, pelo que as viagens que poderia fazer com estes tipos de zangões seriam mais longas.

Tamanho

Os zangões a gás são muito maiores do que os que funcionam a pilhas, pelo que podem transportar cargas mais pesadas.

Motores potentes

Em primeiro lugar, os drones a gás têm motores muito potentes que vêm com eles quando se compra ou constrói um, que é o que os torna capazes de voar em primeiro lugar. Além disso, os seus motores são muito fiáveis, pelo que não tem de se preocupar com o esgotamento do motor do drone após alguns minutos de utilização.

Tempo de voo mais longo

O gás que é utilizado neste tipo de drone produz mais energia que lhe permite voar durante períodos de tempo mais longos. A sua vida pode ser ainda mais prolongada se não o empurrar demasiado e manter uma boa manutenção no seu motor.

Fácil de começar

Ao contrário dos zangões movidos a bateria, os movidos a gás não precisam de muito esforço para arrancar. Basta colocar a quantidade de combustível desejada, e estará pronto para partir.

Leia também: Os 5 principais drones programáveis em 2024

Desvantagens dos drones alimentados a gás

Existem algumas desvantagens dos zangões a gás que são discutidas abaixo,

Manutençao

Um drone alimentado a gás necessita de manutenção regular e deve ser verificado quanto a uma variedade de problemas para garantir que não se despenhará e não será danificado. Por exemplo, se estiver a viajar de avião, deve verificar se o depósito tem combustível suficiente.

Deve também certificar-se de que não há fugas no sistema de combustível para que não provoque um incêndio. Por último, mas não menos importante, deve verificar a lubrificação de cada componente em movimento para garantir que pode suportar o peso do drone.

Peso

Devido ao seu peso e volume, um drone movido a gás pode ser mais difícil de controlar. No entanto, isto pode não ser necessariamente uma desvantagem, uma vez que tem a opção de escolher entre uma alternativa mais leve alimentada por bateria ou uma mais pesada alimentada a gás. Depende, em última análise, da sua preferência.

Conclusão

Se estiver no mercado para um veículo aéreo não tripulado, os drones a gás podem ser uma boa opção. Estes UAV são fáceis de utilizar e podem transportar cargas de até 50 libras.

Você precisará FAA aprovação antes de operar comercialmente este tipo de zangão. É por isso que é importante que faça a sua pesquisa e assegure que estes tipos de zangões satisfazem as suas necessidades antes de comprar um.

Para mais informações sobre como escolher o melhor UAV possível para as suas necessidades comerciais específicas, encorajamo-lo a visitar o nosso blogue ou a contactar-nos!

Avatar
Richard J. Gross

Olá, o meu nome é Richard J. Gross e sou piloto de Airbus a tempo inteiro e proprietário de um negócio de aeronaves comerciais. Entrei no ramo dos drones em 2015 quando comecei a fazer fotografia aérea para empresas imobiliárias. Não fazia ideia no que me estava a meter na altura, mas acontece que a polícia foi chamada a mim pouco depois de ter começado a voar. Eles não gostavam que eu voasse com o meu drone perto de pessoas, por isso pediram-me para vir treinar os seus agentes sobre as regras e regulamentos para drones. Depois disso, decidi começar o meu próprio negócio de zangões e ensinar outros sobre o uso seguro e responsável de zangões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

lupacruz
pt_PTPortuguês
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram